Albano Pereira

Portugal, 1839 – Minas Gerais, 1903

Ator e proprietário de circo. Chegou ao Rio de Janeiro em 1883 com um circo de cavalinhos ricamente ornamentado. Foi proprietário do Circo Zoológico Universal e o primeiro a colocar um palco junto ao picadeiro. Casou-se com a trapezista e equestre espanhola Joanita Pereira com quem teve seis filhos artistas: Clementina, Luiz, Anita, Carlos, Alcelo e Alcebíades Pereira. Faz muito sucesso na Corte, e tem o próprio Imperador entre os apreciadores de seus números equestres. Em 1903 estava com o circo na cidade mineira de Rio Novo quando foi atingido por uma bala perdida, morrendo em seguida. Seu filho mais novo, Alcebíades, dá continuidade ao circo. Ele era um clown, ou palhaço de cara-branca, que se apresentava em roupas luxuosas. Associou-se ao palhaço Piolin, com quem dividiu cinco anos de sucessos no circo instalado na Avenida São João, região central da cidade de São Paulo. Alcebíades é pai de Albano Pereira Neto, o palhaço Fuzarca, que, junto com Brasil José Carlos Queirolo, o excêntrico Torresmo, foram os primeiros palhaços a estrearem um programa na televisão, em 1950, atração que permaneceu por dez anos no ar.

← Voltar

Próximo →

 
Apoio
Incentivo

Realização