Agostinho Bastos
Augusto Bastos

Rio de Janeiro, 1916 - Rio de Janeiro, 1994

Acrobata, saltador, paradista, perchista, icarista, equilibrista de báscula e palhaço Desaperta. Filho de um sargento e de uma lavadeira foi adotado pela família Olimecha, com quem viveu até os vinte e dois anos, e pertence à primeira geração. Aos dezessete anos era acrobata, paradista, volante de báscula e de icários. Um desentendimento o afastou da família Olimecha e o levou ao cartório de Bomsucesso para fazer nova certidão de nascimento com o sobrenome Bastos do pai. Casou com Heloisa Azevedo com quem teve cinco filhos no circo: Pirajá, Anapuru, Uirapuru, Ubiratan e Canaguari Azevedo. Fez parte do primeiro time de professores da Escola Nacional de Circo ao lado de Ubirajara, Armando Pepino, Edvar Ozon, Neusa Mattos, Oskar Klenk e Bernardo Farfan, entre outros.

← Voltar

Próximo →

 
Apoio
Incentivo

Realização